As 20 principais perguntas e respostas da entrevista sobre testes de API (2024)

Aqui estão as perguntas e respostas da entrevista de teste de API para calouros e também para candidatos experientes para conseguir o emprego dos sonhos.


1) Quais são as ferramentas utilizadas para testes de API?

As ferramentas usadas para vários testes de API são

  • SoapUI Pro
  • Carteiro
  • Monitoramento da API Alertsite

Download gratuito de PDF: Perguntas da entrevista sobre testes de API


2) O que são testes de API?

API (Application Programming Interface) especifica como alguns componentes de software devem interagir com outros, ou seja, é um conjunto de funções e procedimentos que permite a criação de aplicações que acessam os recursos ou dados de uma aplicação ou sistema operativo. O teste dessas funções é conhecido como teste de API.


3) Quais são os testes comuns realizados em APIs?

Os testes comuns realizados em APIs

  • Verificação da API se ela está atualizando alguma estrutura de dados
  • Verifique se a API não retorna nada
  • Com base nas condições de entrada, os valores retornados das APIs são verificados
  • Verificação da API se ela aciona algum outro evento ou chama outra API

4) Mencionou a principal diferença entre testes de nível de UI e testes de API?

UI (User Interface) refere-se ao teste da interface gráfica, como a forma como o usuário interage com os aplicativos, testando elementos do aplicativo como fontes, imagens, layouts, etc. O teste de UI basicamente se concentra na aparência de um aplicativo. Enquanto a API permite a comunicação entre dois sistemas de software separados. Um sistema de software que implementa uma API contém funções ou subrotinas que podem ser executadas por outro sistema de software.


5) Explique o que é SOAP?

Perguntas da entrevista sobre testes de API
Perguntas da entrevista sobre testes de API

SOAP significa Simple Object Access Protocol e é um XML protocolo baseado em troca de informações entre computadores.


6) Explique o que é API REST?

É um conjunto de funções para as quais os desenvolvedores realizam solicitações e recebem respostas. Na API REST a interação é feita via protocolo HTTP REST – significa Representational State Transfer, está rapidamente se tornando padrão para criação de API.


7) Diferença entre API e teste unitário?

                            Teste de API                          Teste UNITÁRIO
  • API é propriedade da equipe de controle de qualidade
  • O teste unitário é propriedade da equipe de desenvolvimento
  • API é principalmente teste de caixa preta
  • O teste unitário é um teste de caixa branca
  • A funcionalidade completa do sistema é considerada nos testes da API, pois será usada pelo usuário final (desenvolvedores externos que usarão sua API)
  • O teste de unidade é feito para verificar se cada unidade isoladamente funciona conforme o esperado ou não
  • Os testes de API geralmente são executados depois que a compilação está pronta e os autores não têm acesso ao código-fonte
  • Para cada um de seus módulos, espera-se que os desenvolvedores construam testes de unidade para cada um de seus módulos de código e garantam que cada módulo passe no teste de unidade antes que o código seja incluído em uma compilação.

8) Como testar APIs?

Para testar as APIs você deve seguir os seguintes passos

  • Selecione o conjunto ao qual deseja adicionar o caso de teste da API
  • Escolha o modo de desenvolvimento de teste
  • Desenvolva casos de teste para os métodos de API desejados
  • Configurar parâmetros de controle de aplicativos
  • Configurar condições de teste
  • Configurar validação de método
  • Executar teste de API
  • Ver relatórios de teste
  • Filtrar casos de teste de API
  • Casos de teste de API de sequência

9) Mencione quais são as principais áreas a serem levadas em consideração ao escrever o documento API?

A principal área a ser considerada ao escrever documentos API é

  • Fonte do conteúdo
  • Documentar plano ou esboço
  • Layout de entrega
  • Informações necessárias para cada função no documento
  • Programas de criação automática de documentos

10) No documento da API explique como documentar cada função? Quais são as ferramentas utilizadas para documentação?

  • Descrição: Pequena descrição sobre o que uma função faz
  • Sintaxe: Sintaxe sobre o parâmetro do código, a sequência em que ocorrem, elementos obrigatórios e opcionais etc.
  • parâmetros: Parâmetros de funções
  • Mensagens de erro: Sintaxe de mensagens de erro
  • Código de exemplo: Pequeno trecho de código
  • Links relacionados: Funções relacionadas

Ferramentas populares usadas para documentações de API são JavaDoc (para código Java) Doxygen (para código .Net)


11) Explique a estrutura da API?

A estrutura da API é autoexplicativa. Valores para execução de teste e para manter as partes configuráveis, o arquivo de configuração é usado. Os casos de teste automatizados devem ser representados no formato “tabela de análise” no arquivo de configuração. Ao testar a API, não é necessário testar cada API, portanto o arquivo de configuração possui alguma seção cujas todas as APIs estão ativadas para aquela execução específica.


12) Como funciona o API Builder?

API Builder é um programa PLSQL que consiste em quatro SQL arquivos

  • Para definir os parâmetros da API e iniciar o processo, um arquivo é responsável
  • Dois arquivos são criados para tabelas temporárias e pacote mestre para criar o código de saída
  • O quarto arquivo cria a saída “em spool” do código em um arquivo chamado “output_script_.sql”

13) Explique o que é TestApi?

TestApi é uma biblioteca de APIs utilitárias e de teste que permite que testadores e desenvolvedores criem ferramentas de teste e testes automatizados para aplicativos .NET e Win32. Ele fornece um conjunto de blocos de construção de teste comuns, tipos, estrutura de dados e algoritmos.


14) O que é injeção de entrada e quais as diferentes formas de fazê-lo?

Injeção de Entrada: É o ato de simular a entrada do usuário, de diversas maneiras você pode simular a entrada do usuário.

  • Invocação de Método Direto
  • Invocação usando uma interface de acessibilidade
  • Simulação usando entrada de baixo nível
  • Simulação usando um driver de dispositivo
  • Simulação usando um robô

15) Quais são os principais desafios dos testes de API?

Os principais desafios nos testes de API são

  • Seleção de Parâmetros
  • Combinação de parâmetros
  • Sequenciamento de chamadas

16) O que é teste de API com runscope?

Runscope é um aplicativo web que fornece serviços de back-end e uma interface fácil de usar para testar APIs.


17) Explique quais são os princípios do design de testes de API?

O princípio para o design de teste de API é

  • Instalação: Crie objetos, inicie serviços, inicialize dados etc.
  • Execução: Passos para exercer API ou cenário, também registrando
  • Verificação: Oráculos para avaliar o resultado da execução
  • Relatório: Aprovado, reprovado ou bloqueado
  • Limpar: Estado de pré-teste

18) Quais são os tipos de bugs que os testes de API encontrarão?

Os tipos de bugs que a API encontrará

  • Funcionalidade ausente ou duplicada
  • Falha ao lidar com condições de erro normalmente
  • Estresse
  • Confiabilidade
  • Segurança
  • Sinalizadores não utilizados
  • Erros não implementados
  • Tratamento de erros inconsistente
  • Performance
  • Problemas de multithread
  • Erros impróprios

19) Quais são as ferramentas utilizadas para automação de testes de API?

Ao testar o teste de unidade e de API, ambos o código-fonte de destino, se um método de API estiver usando código baseado em .NET, a ferramenta que oferece suporte deve ter ferramentas de automação .NET para testes de API que podem ser usadas são

  • NUnit para .NET
  • JUnit para Java
  • HP UFT
  • IU de sabão

20) Mencione as etapas para testar a API?

Etapas de teste de API

  • Selecione o caso de teste que deve ser cumprido
  • Para chamada de API, desenvolva um caso de teste
  • Para atender o caso de teste configure os parâmetros da API
  • Determine como você validará um teste bem-sucedido
  • Usando linguagem de programação como PHP ou .NET execute a chamada da API
  • Permitir que a chamada da API retorne os dados para validação

21) Quais são os protocolos comuns testados em testes de API?

  • HTTP
  • JMS
  • DESCANSO
  • SABÃO
  • UDDI

Essas perguntas da entrevista também ajudarão em sua viva (oral)

Partilhar

6 Comentários

  1. Postman Rest Client também é usado para automatizar serviços de API.

  2. Postman é ótimo, não apenas para testes manuais, mas para construir coleções muito rapidamente que podem ser executadas usando Newman em seu pipeline de CI/CD e facilmente compartilhadas com membros da equipe não técnicos para ilustrar a cobertura. Você também pode carregar qualquer código auxiliar (JavaScript) como uma variável global e chamar os métodos em seus testes usando scripts de pré e pós-solicitação.

    Alternativamente, você pode gostar de falar sobre REST-Assured para automação de testes com Java. Talvez valha a pena ressaltar que muitos clientes estão atualmente usando Selenium para testar APIs por meio da UI, o que é totalmente errado. :-)

  3. Avatar John sabe melhor diz:

    Ninguém coça a cabeça pensando na resposta da pergunta nº 21? Eu entendo esses 5 itens desta forma (também posso estar errado):

    – HTTP É um protocolo de internet (mais conhecido – não há necessidade de entrar em mais detalhes)
    – REST NÃO é um protocolo, mas sim um padrão arquitetônico para construir uma API – que usa protocolos HTTP/HTTPS para se comunicar pela Internet
    – SOAP É um protocolo de internet oficial baseado em XML mantido pelo W3C
    – UDDI NÃO é um protocolo, mas sim um formato de especificação de API aprovado pelo OASIS para publicação de APIs por meio do registro UDDI
    – JMS NÃO é um protocolo, mas sim um sistema de mensagens de aplicativo baseado em XML com sua própria API para enviar e receber mensagens usando vários protocolos subjacentes, principalmente TCP/IP

    Por favor – para ajudar a mim e a outros a entender isso melhor – odeie ou ame minha resposta ainda mais nos comentários. Saúde :)

  4. Avatar Muhammad Azeem diz:

    SOAP significa Protocolo Simples de Acesso a Objetos. Corrija isso na sua pergunta número 5.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *